share facebook share facebook

Partilhar

Voltar

Voltar

  • © DR

  • © DR

Gesto e Síntese

Diogo Tudela & Supernova Ensemble

Música

Teatro Municipal de Vila do Conde — Sala 1

24 Set (Sáb) | 21:30
Estreia Absoluta
M/6 | Duração aprox. 45 min. | 5 € | bilhete combinado (permite acesso ao concerto de Mike Cooper)

+ Exposição-instalação no Teatro Municipal de Vila do Conde (piso -1) 17 a 23 Set  | Acesso Gratuito
Masterclass com Diogo Tudela, José Alberto Gomes e João Tiago Dias [30 Nov 11:00, ESMAD - Auditório Luís Soares| público-alvo: estudantes da ESMAD]

A disciplina de criação ou engenharia envolve uma navegação ao longo de uma fissura.Tal espaço torna-se ainda mais aparente quando estruturas lógico-matemáticas são instrumentalizadas na construção (criação) de obras de arte.
A autonomia e a polaridade entre o espaço disciplinar que forma significação, e a disciplina que significa forma, produz uma lacuna fenomenológica insolúvel entre os vectores que apontam para uma obra e os vectores que dela saem. Gesto e Síntese, que se coloca e desenvolve num espaço híbrido entre performance e instalação, música e new media art, é assim uma peça que trabalha abertamente tal fissura explorando a ferramentalização de estruturas lógico-matemáticas sob o disfarce de materialidade e plasticidade – o que equivale a dizer que esta peça, tal como outra qualquer, é sobre o que é.

Gesto e Síntese é uma encomenda Supernova Ensemble.
Supernova Ensemble integra o projecto Artista Residente da Circular



Criação: Diogo Tudela + Supernova Ensemble | Performance: João Dias, José Alberto Gomes, Mário Costa e Diogo Tudela | Desenho de Som: Daniel Santos | Direcção Artística: João Dias e José Alberto Gomes | Co-produção: Circular Festival e gnration

Parceria Circular: ESMAD

Agradecimento Circular: Curtas Vila do Conde

www.circularfestival.com/pt/artista-residente 

Diogo Tudela (Porto) é um investigador e programador cuja prática foca o software crítico, práticas de simulação, teoria de modelos, geometria, diagramas, e mecatrônica. O seu trabalho tem abordado as tecnologias de síntese e manipulação vocal como tácticas de retro-bioengenharia responsáveis por gerar novos diagramas corporais. Lecciona na Escola das Artes — UCP.

Criado em 2022, o Supernova Ensemble é um colectivo artístico dedicado à música inovadora nas áreas performativas, novas mídias e artes sonoras num novo contexto de trabalho para desenvolver e atender novos públicos. Com uma formação artística e musical diversificada (jazz, clássica, moderna, improvisada, experimental, electrónica, novas mídias, tecnológica,...) o grupo pretende construir um mundo em que novas ideias sonoras fluam livremente através de géneros e mídias, incluindo música, teatro, dança, vídeo, electroacústica, música de câmara, instalações sonoras, etc.
O Supernova Ensemble está sediado no norte de Portugal enquanto projecto artístico independente incubado no programa Artista Residente da Circular Associação Cultural.