share facebook share facebook

Partilhar

Voltar

Voltar

  • 20201214ritacastroneves.jpg

'Histórias da Performance Art' com Rita Castro Neves | 14 Dez. 2020 | 'Corporalidade, temporalidade e pensamento' | Programa Educativo Circular

14 de dezembro 2020 | 13:30

Aula "Histórias da Performance Art" com Rita Castro Neves

* participação reservada a alunos da Escola Secundária José Régio

Breve viagem pela(s) história(s) da Arte da Performance, através das suas imagens e das memórias que chegaram até nós. A Performance - uma arte ancorada na acção, realizada por um ou mais corpos, que se apresentam “ao vivo” ao seu público – é uma arte multidisciplinar que desde o início do século XX não deixa de nos questionar, surpreender e emocionar.  


___________________


Rita Castro Neves, vive e trabalha no Porto. Após terminar o Curso Avançado de Fotografia do Ar.Co e o Master in Fine Art da Slade School of Fine Art de Londres, expõe regularmente em Portugal e no estrangeiro, em espaços estabelecidos como em locais ditos não convencionais. Partindo de uma formação e visão fotográficas, tem desenvolvido projectos artísticos com suportes diversificados: da fotografia à fabricação de objectos, passando pelo vídeo, a live art, a instalação, bem como projectos site-specific. Em 2015 inicia com o artista e arquitecto Daniel Moreira, um projecto colaborativo longo a propósito da representação da paisagem, em que reflectem com o desenho, a fotografia e o vídeo, de forma instalada, sobre colaboração artística, diferentes técnicas e culturas artísticas, território, escala e percurso.
Desenvolve projectos de curadoria, sobretudo na área da Live Art, incluindo o Amorph!98, o brrr. Festival de Live Art, a Trama Festival de Artes Performativas, Sintoma nº 0 e Sintomas e Efeitos Secundários.
É actualmente docente na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, onde criou e coordena, desde 2012, o grupo de investigação Sintoma. Performance. Investigação. Experimentação.


___________________


Corporalidade, temporalidade e pensamento

Escola Secundária José Régio | Vila do Conde

8 de Novembro 2019 - 14 de Dezembro de 2020


Este projecto dirige-se a alunos do ensino secundário e configura-se através de um conjunto de aulas que problematizam as formas como experienciamos o corpo através das suas transformações, das suas articulações no espaço público e privado, da circulação permanente das suas imagens e representações. Os tópicos abordados em cada aula interligam diferentes disciplinas e produzem focos de atenção que tentam permitir a disseminação de olhares em torno do papel do corpo na história, na actualidade, na cultura contemporânea e na prática artística. Cada aula parte da observação ou investigação em torno de fenómenos culturais e políticos, na tentativa de examinar o corpo enquanto elemento disruptivo na vida social, no discurso e nas relações que estabelecemos com os outros e com o mundo ao qual pertencemos. Este ciclo de aulas dialoga com a área de educação para a cidadania e conta com o apoio de professores locais ligados a diversas disciplinas como história, filosofia, artes visuais, economia ou multimédia.
? Joclécio Azevedo


Aulas/intervenções e convidados: "The Roof is on Fire", com Juan Luis Toboso; "Eu sou um outro", com José Maia; "de submisso a político – o lugar do corpo negro na cultura visual", com Melissa Rodrigues; "Por uma ecologia da experiência estética, activação e fracasso do corpo colectivo", com Gabriela Vaz-Pinheiro; "Corpo e trabalho", com Luisa Veloso; "Histórias da Performance Art", com Rita Castro Neves.


O projecto "Corporalidade, temporalidade e pensamento" integra o Programa Educativo da Circular Associação Cultural. A aula com Rita Castro Neves, inicialmente prevista para Março de 2020, foi adiada para 14 de Dezembro devido à pandemia de Covid-19. 


Coordenação do projecto "Corporalidade, temporalidade e pensamento": Joclécio Azevedo
Produção: Circular Associação Cultural


© DR