O Circular Festival de Artes Performativas está de regresso para a sua 17ª edição. O festival apresenta um programa pluridisciplinar e experimental que cruza a dança, a música, o teatro e o pensamento, onde reside uma ampla diversidade temática suscitada por cada uma das propostas autorais.

O festival arranca com a inauguração da exposição “Membrana” de João Pais Filipe e Mónica Baptista, uma co-produção com a Solar - Galeria de Arte Cinemática/Curtas Metragens de Vila do Conde. “Membrana” apresenta um conjunto de esculturas sonoras, fotografias e vídeos, resultantes de uma residência dos artistas no Uganda, e inclui um momento performativo. Também na abertura do festival é apresentado o espectáculo de dança “Calçada” do coreógrafo brasileiro Volmir Cordeiro (adiado em 2020 pelas limitações causadas pela pandemia). “Calçada” afirma-se como um espaço de liberdade, de expansão e de “circulação de mundos”, um espectáculo onde se reinventa e redefine a experiência comunitária.

Segue-se um concerto de CZN, projecto dos músicos percussionistas Valentina Magaletti, João Pais Filipe e do produtor Leon Marks, que traz-nos o seu mais recente álbum “Commutator” preenchido por ritmos hipnóticos e cadências repetitivas de construção enérgica e progressiva.

No segundo fim-de-semana do festival é lançado o disco “Peixinho Patriarca Percussão” do Drumming Grupo de Percussão dedicado a repertório dos compositores Jorge Peixinho e Eduardo Luís Patriarca, numa co-edição Drumming GP e Circular Festival. Este álbum surge na continuidade de um concerto realizado no Circular em 2017, que aliou os dois compositores com relevante ligação à cidade de Vila do Conde. Clara Amaral apresenta no Circular a performance “She gave it to me I got it from her”, uma proposta intimista que desenha o gesto e a palavra a partir de um livro. O coreógrafo Raul Maia estreia “a fala da racha”, uma criação co-produzida pelo Circular, que parte de um lugar teatral fragmentado nas linguagens física, textual, sonora e dramatúrgica.

O ciclo “Questões Práticas” (Programa Educativo da Circular) cruza-se no festival com a conferência “Ensaio de decifração de um enigma: A poesia dramática é a causa finalis da vida humana e do mundo (Goethe)” pela filósofa Maria Filomena Molder. Também nesta edição tem lugar o lançamento do Jornal “Coreia” #5, com direcção do coreógrafo João dos Santos Martins, publicação que se dedica a produzir pensamento em torno das artes performativas. O lançamento inclui a performance “Ehera Noara” de Hwayeon Nam que activa o arquivo de uma das precursoras da dança moderna coreana, Choi Seung Hee.

A finalizar o festival, o colectivo Los Detectives apresenta “Pienso casa, digo silla”, uma peça teatral que se centra nas experiências de mulheres visionárias da Idade Média e na forma como estas poderão traduzir-se no mundo contemporâneo dessacralizado. Acompanhem-nos de 18 a 25 de Setembro em Vila do Conde!

— Paulo Vasques e Dina Magalhães
18 Set - 06 Nov
Seg - Sáb | 14:00 - 18:00

Inauguração + performance: 18 Set | Sáb | 17:30
 
Membrana

Membrana

João Pais Filipe e Mónica Baptista

Solar - Galeria de Arte Cinemática

Exposição

18 Set | Sáb | 21:00

Calçada

Calçada

Volmir Cordeiro 

Teatro Municipal de Vila do Conde — Sala 1

Dança

18 Set | Sáb | 22:30
CZN

CZN

João Pais Filipe + Valentina Magaletti + Leon Marks

Auditório Municipal de Vila do Conde

Música

24 Set | Sex | 15:45, 17:00

25 Set | Sáb | 11:00, 12:00, 14:10, 15:10, 16:10, 17:10


She gave it to me I got it from her

She gave it to me I got it from her

Clara Amaral

Centro de Memória

Performance

24 Set | Sex | 21:00
Peixinho Patriarca Percussão por Drumming GP

Peixinho Patriarca Percussão por Drumming GP

Lançamento de CD com gravações de Jorge Peixinho e Eduardo Luís Patriarca

Teatro Municipal de Vila do Conde — Salão Nobre

Música

24 Set | Sex | 22:30
25 Set | Sáb | 21:00
a fala da racha

a fala da racha

Raul Maia

Auditório Municipal de Vila do Conde

Dança

25 Set | Sáb | 14:30-16:30


Ensaio de decifração de um enigma: A poesia dramática é a causa finalis da vida humana e do mundo (Goethe)

Ensaio de decifração de um enigma: A poesia dramática é a causa finalis da vida humana e do mundo (Goethe)

Maria Filomena Molder

Teatro Municipal de Vila do Conde — Sala 2

Conferência

25 Set | Sáb | 17:30
Lançamento do Jornal Coreia #5

Lançamento do Jornal Coreia #5

Performance Ehera Noara (2020) de Hwayeon Nam, dançada por Ji-Hye Chung e exibição do filme Against Waves

Teatro Municipal de Vila do Conde — Salão Nobre

Edição

25 Set | Sáb | 22:30
Pienso casa, digo silla

Pienso casa, digo silla

Los detectives

Teatro Municipal de Vila do Conde — Sala 1

Teatro


BILHETES E RESERVAS

— Os bilhetes poderão ser adquiridos no Teatro Municipal de Vila do Conde e no Auditório Municipal de Vila do Conde, nos horários de funcionamento, e também no site BOL.
— As reservas poderão ser efectuadas no Teatro Municipal de Vila do Conde e no Auditório Municipal de Vila do Conde nas respectivas bilheteiras ou via telefone.
— As reservas deverão ser levantadas no local do espectáculo até 30 minutos antes do início do mesmo.
— Os horários dos espectáculos poderão sofrer alterações decorrentes da actual situação pandémica. Consulte as informações actualizadas em www.circularfestival.com e nas redes sociais.

TEATRO MUNICIPAL DE VILA DO CONDE
Av. Dr. João Canavarro, 4480-668 Vila do Conde
T: 252 290 050
Horário bilheteira: Terça a Sábado 10:30-12:30, 14:30-19:00 (em dias de espectáculo 20:30-23:30) | Domingo: 15:00-19:00

AUDITÓRIO MUNICIPAL DE VILA DO CONDE
Praça da República, 4480-715 Vila do Conde
T: 252 248 469
Horário bilheteira: Terça a Quinta 09:30-12:30 e 14:30-18:00; Sexta 14:30-19:00 e 20:30-00:00; Sábado 14:30-19:00 e 20:30-23:30 

CENTRO DE MEMÓRIA DE VILA DO CONDE
Largo de S. Sebastião, 4480-754 Vila do Conde
Abertura de bilheteira no Centro de Memória:
24 Setembro: 15:15
25 Setembro:10:30 | 14:00 
As reservas para o Centro de Memória podem ser efetuadas para o número: 96 749 04 71.

BOL | Bilheteira online

PREÇÁRIO
— 5 €  | valor unitário de cada espectáculo
— Acesso gratuito (até ao limite da lotação da sala): Exposição Galeria Solar, Lançamento do Jornal Coreia #05 | Lançamento de CD Peixinho Patriarca Percussão


Covid-19 | Acesso e Segurança
• Compre o bilhete com antecedência;
• Cumpra as distâncias de segurança no acesso e no interior dos espaços;
• Use máscara social para aceder e enquanto permanecer no Teatro, Auditório e Centro de Memória (recomenda-se o uso de máscara cirúrgica a quem pertença a grupos de risco);
• É obrigatória a desinfecção das mãos nos postos com solução anti-séptica de base alcoólica disponíveis nos vários espaços do Teatro, Auditório e Centro de Memória;
• Adopte medidas de etiqueta respiratória e evite a deslocação caso possam surgir eventuais sinais e sintomas indicadores de infecção pelo coronavírus, como febre, tosse e dificuldade respiratória;
• Respeite a marcação e a distância entre lugares;
• Cumpra as orientações dos assistentes de sala e seguranças.

Todas as medidas adoptadas pelo Circular Festival de Artes Performativas durante a presente situação pandémica podem vir a ser revistas com base em novas orientações que venham a ser recebidas.
As situações não previstas devem ser comunicadas por e-mail para o endereço info@circularfestival.com.

ESPAÇOS

Teatro Municipal de Vila do Conde
Av. Dr. João Canavarro
4480-668 Vila do Conde
google maps

Auditório Municipal de Vila do Conde
Praça da República
4480-715 Vila do Conde
google maps

Centro de Memória
Largo de São Sebastião
4480-754 Vila do Conde
google maps

Solar Galeria de Arte Cinemática
Rua do Lidador 147
4480-754 Vila do Conde
google maps


ACESSOS

Metro do Porto
Linha B (Vermelha)
Estação Santa Clara (serviço normal)
Estação Vila do Conde (serviço expresso) 
www.metrodoporto.pt

Automóvel
A28 (Porto-Viana do Castelo), saída Vila do Conde
N13 (Porto-Caminha), saída Vila do Conde

  • ORGANIZAÇÃO
  • ALTO PATROCÍNIO
  • ESTRUTURA FINANCIADA
  • APOIOS
  • PARCERIAS
  • APOIOS À DIVULGAÇÃO
  • DIREÇÃO E PROGRAMAÇÃO
    Paulo Vasques e Dina Magalhães

    DIREÇÃO DE PRODUÇÃO
    Dina Magalhães

    PRODUÇÃO EXECUTIVA

    Sofia Reis

    COMUNICAÇÃO E IMPRENSA

    Carolina Medeiros

    DIREÇÃO TÉCNICA

    Miguel Carneiro
  • DESIGN GRÁFICO
    João Alves Marrucho

    ESTÁGIO CURRICULAR

    Andreia Fraga

    SPOT

    Paulo Coutinho e Ana Marques
    LOOP Audiovisual Studio

    FOTOGRAFIA

    Margarida Ribeiro
  • REGISTO VÍDEO
    Francisca Dores

    REVISÃO DE TRADUÇÃO

    Júlia Ferreira

    WEB DESIGN

    Tiago Restivo
    José Martino

    CONTABILIDADE

    Daniel Dias

Co-Produções

2021

A fala da racha de Raul Maia

CD Peixinho Patriarca Percussão de Drumming GP

2020


A importância de ser Alan Turing de Miguel Bonneville

2019

Ma vie va changer de Nuno Lucas

Abrupta de Catarina Gonçalves e Filipe Caldeira

I know it when I see it de Luísa Saraiva e Carlos Azeredo Mesquita

Home Sweet Sound
de Vítor Rua e Joana Gama

Flanzine nº XX

2018

Onde está o casaco? de Ana Jotta, Cyriaque Villemaux, João Martins

2017


A Deriva dos Olhos de Bruno Senune

Noirblue de Ana Pi

Nova Criação de Teresa Silva e Filipe Pereira

Undated de Martine Pisani

2016

Boca Muralha de Catarina Miranda

A Caçada de Filipe Caldeira

2015

Autointitulado
de João Martins e Cyriaque Villemaux

Intermitências de Joclécio Azevedo